Mercado Editorial 2019 – Ele vai sobreviver doutor?

Carlos Garcia Fernandes

Use os links para navegar entre os tópicos:

  1. Visão mais ampla
  2. Expansão e queda do mercado editorial
  3. Ele vai sobreviver doutor?
  4. Contato com o público
  5. Descentralize seu cérebro
  6. Novos recursos
  7. Redes sociais
  8. Financiamento coletivo
  9. Utilidade?
  10. Atualização do sistema editorial

 

03. Ele vai sobreviver doutor?

O livro não morre, se modifica o modo como ele se apresenta e chega ao público.

A figura da livraria será extinta e depois renascerá modificada, talvez mais segmentada, mais focada em estilos, e não essas “lojas de conveniência” que vemos.

Nessa transição que estamos vivendo acontecerão ainda o fechamento de algumas empresas.

 

Mas vamos observar ações do jornalismo, que foram na contra-mão das perspectivas sombrias e fizeram um site de notícias que se mantém atualizado o tempo todo. É o “https://www.politico.com”.

Como a política é algo em constante movimento, usam justamente a ferramenta que derrubou o velho jornalismo, usam a comunicação instantânea.

 

Voltemos aos livros, que sem atravessador e com estruturas menores, os preços ainda vão depender do processo de fabricação, mas a venda será da editora direto ao público on-line. Pode ocorrer a organização de eventos colaborativos entre editoras de segmentos diferentes, com atrações como palestras e afins, os livros serão vendidos presencialmente. Existe essa possibilidade bonita, a do livro ser sempre “um evento”.

 

Várias editoras de segmentos diferentes, podem formar um grupo independente fazendo juntas somente determinadas partes do processo, como os já citados eventos. Vamos supor que algum preço diferenciado de impressão possa ser estabelecido se for dada a garantia de que 4 editoras vão utilizar a mesma gráfica num período pré-determinado.

 

As editoras devem se manter independentes, mas com alguma atitude colaborativa entre elas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *